quinta-feira, 18 de março de 2010

O tempo ruge!

Num sábado, estávamos comentando (e rindo) de frases ou ditados populares que sofrem interpretação livre, no melhor estilo "ui ar de uôrdi".E alguém citou: 
"O tempo ruge!" 
E ficamos elucubrando como deve ser um 'tempo' assim: parecido com um leão ou outro animal destemido ou, ainda, um monstro grande e assustador, soltando o seu grito assustador.

Bem, no final do ano quando sou, literalmente, atropelada pelos compromissos profissionais e pessoais, sempre mentalizo: 
"Calma, Harumi, isso logo vai passar e janeiro vem com a calmaria típica desta época do ano!"
Isso é, de certa forma, verdade. Tanto na parte dos patchwork quanto nas aulas de japonês e eventos em geral,  janeiro é um mês parado. Ou deveria ser, teoricamente. Mas acho que nos últimos anos esqueceram de avisar o meu janeiro disso. Faço as coisas de modo atropelado a partir de outubro e sempre penso que vou organizar a vida no início do ano até o carnaval, sem ver isso se tornar realidade...
Ano passado, nem fiz propaganda na época do Natal, nem peguei encomendas de final de ano, porque estava atolada. Tenho anotações de encomendas atrasadas que datam de outubro. Isso é possível? Custo a acreditar!
Ah, mas janeiro iria chegar com sua calmaria e eu, além de colocar a lista de encomendas em dia, ainda iria organizar a Sati, fazer um monte de coisas administrativas e ainda colocar um monte de ideias de produtos novos em prática.
A-HÃ! 
Chegou janeiro, teve o aniversário do afilhado em que eu quis participar com a toalha da mesa do bolo (e ainda fiquei tendo ideias de sorteio e tals, humpf!). Nem fiz a bolsa pra minha mãe que tinha prometido no aniversário dela (em janeiro). Coitada, sempre fica a ver navios... (ano passado, dei o presente de aniver junto com dia das mães, mas depois de maio, claro...)
E já é março, segunda metade do mês!!! Caraca!!! Nem preciso dizer que a lista de clientes aguardando continua lá...  :-S
Tenho um monte de coisas planejadas, outras tantas esperando acontecer, mas não estou conseguindo operacionalizar as coisas... Os prazos acabam, vou sendo atropelada pela vida.
E tenho que concordar com a frase da qual eu ri há algum tempo:
"O Tempo ruge! "
E ruge forte! E me persegue como nos desenhos animados em que o perseguido vai correndo dando pulinhos pra frente pra escapar das investidas do perseguidor que quase o pega o tempo todo.
*

2 comentários:

Denise disse...

Só planejamento salva! Eu tenho tentando me organizar melhor, escrever horários, compromissos, fazer menos coisas e consequentemente, ver menos gente também... é meio chato, mas sempre compensa quando vejo que dá certo.
(hoje vou fotografar os novos cadernos!)

Renata disse...

hahahh! adorei! Meu tempo tb ruge mto!