terça-feira, 21 de junho de 2011

Bom-dia, dia glorioso!

A menina  estava com a agenda cheia e os minutos contados naquele dia: academia, aula, almoço, reunião, com intervalos de 1 hora, contando o deslocamento entre eles. Entrou no elevador da escola (o 2º item da lista de compromissos) e murmurou um 'bom-dia' sem muita vontade.
-Ah, você chegou na hora certa: olha a notícia! - disse, todo simpatia, o senhor.
A menina olhou a tevê e era uma chamada sobre a Coreia. Sem vontade de explicar que japonês não é coreano, lançou um sorriso amarelo:
-Ah...
-E olha, eu já previ a sua chegada e já apertei o seu andar! - continuou o Sr Simpatia, referindo-se ao botão apertado por engano.
-Ah, obrigada... - o sorriso-amarelo parecia uma máscara colada naquele rosto com olhar-de-peixe-morto.
-Viu? Hoje é seu dia glorioso, tudo está dando certo para você, até seu andar foi apertado antes mesmo de entrar no elevador!
-(...)
-Um dia glorioso para um sorriso radiante como o seu!
E o elevador parou e ele desceu, desejando um bom-dia! A cena foi tão inusitada, que a menina começou a achar graça e sorriu.
Pronto! O bom humor do Sr Simpatia, que de início parecia inconveniente, bateu na cara dela e atirou para longe o olhar-de-peixe-morto e o sorriso amarelo.
*FIM (^_^)*

4 comentários:

B. Pina disse...

Ah... é tão engraçado quando isso acontece, né? Tem gente que salva o nosso dia, sem pedir licença, sem nem imaginar q a gente tá pra baixo... é isso. Fragmentos microscópicos e bonitos da vida...

Cós de Minas disse...

Realmente voce está cheia de histórias, heim?!
É impressionante como essas coisas conseguem "quebrar" alguns momentos quase taciturnos!

Bjs

Dri Morango disse...

Alegria e simpatia contagiam. Vamos os contagiar. hehe
Fofo seu post. Ganbarê!!!
Boa semana, querida. Bjks

Bela disse...

Harumi, adorei seu blog!!
Beijos!!
Bela Murakami