quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

primeira impressão

Primeiro encontro.
O moço queria impressionar. Levou-a a um barzinho elegante, escolheu uma mesa perto do sushi-bar. A intenção era pedir um combinado de sushi e sashimi e mostrar todo o seu conhecimento sobre a culinária japonesa. A moça, assim que olhou o cardápio, deu gritinhos de alegria:
- Aqui tem bolinho de carne seca!!!
- E... - disse o moço, um pouco sem rumo.
- E daí que eu ADORO carne seca!!!!
- Como assim?
- Como assim, o quê?
- Como assim, você adora carne seca?
- Ué, não posso gostar?
- É que você é japonesa... e carne seca é comida nordestina...
- (...)
- (...)
- Eu sou japa, mas sou gente! E eu sou gente que gosta de carne seca! E então, vamos pedir uma porção de bolinhos?
E nessa noite, nada de peixe cru, nada de saquê, nada de comidas exóticas. Rolou a brasileiríssima dupla caipirinha com carne seca. E o encontro marcou a vida dos dois. E esta é uma história que sempre contam pros netos: como foi o começo de tudo! =D

5 comentários:

Divânia's- trabalhos manuais disse...

Hummmmmmm..parece tão pessoal essa história.....adorei mulher sorriso!!!

abreijus

di

deniseescreve disse...

fofos!
que delícia relembrar estes momentos assim, gostosos e que mudam a nossa vida.
;)

Isis Natel disse...

Se vcs querem contar aos netos, melhor parar com o remédio para dormir! rsrs

Mina disse...

Nada como começar o dia lendo um post tão romântico!! os netos vão pedir para repetir, dia após dia, ou melhor, noite após noite,hehe!
FELIZ NATAL querida Harumi, beijos!

Nina disse...

Fofíssimos! =)